quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Again!Again! ¬¬


É incrivelmente terrível como que eu sempre consigo me atrair por pessoas que não prestam ou que simplesmente não se interessam por mim.


Depois de muito tempo sem me "apaixonar", me apaixonei, me apaixonei por um completo -eu disse completo- idiota. Idiota mesmo, do tipo que só se lembra de você quando te vê ou quando não tem nada melhor para fazer, ou claro, quando precisa de um favor.


Eu tentei ser legal, fui verdadeira, engraçada, compreensiva, o tratei como se fosse meu amigo de infância e sabe[?]no começo ele demonstrava o mesmo, mas mesmo sabendo o que eu sentia (ou talvez ainda sinta, é que no momento a raiva esta berrando dentro de mim e o sentimento bonitinho esta somente sussurrando) continuou do mesmo jeito, na verdade está mais infantil do que antes e beeeeeem menos atencioso (que legal - ironia ali<--).


Gostaria de entender o motivo que leva os homens a agirem de tal forma quando sabem que alguém gosta deles de verdade ou que os respeitam como pessoas acima de muitas opiniões; gostaria de me entender um pouco, porque queridos eu tenho dedo podre para escolher pessoas do sexo oposto e o mesmo sexo nunca me interessou...o jeito é conviver com mais uma - eu disse mais uma - desilusão amorosa, mas como diz a minha avó: "Mãos calejadas não sentem tanta dor".




Vivendo, sobrevivendo e acima de tudo tentando aprender.




Beijos


:D

10 comentários:

  1. Eu também até hoje não tive sorte com isso... Todas as garotas de quem eu gostei não gostavem de mim... Sei como é uma desilusão amorosa, deixa marcas que as vezes nem o tempo consegue apagar... Mas é levantar a cabeça e seguir em frente. Uma pessoa que eu nem conheço me deu um conselho bem melhor do que meus amigos já me deram: A pessoa certa tem que existir, e tem que estar em algum lugar por ai. Cabe a nós acha-la

    ResponderExcluir
  2. Eita, Anelise! Você também faz parte desse time!!! Mas é um time bem grande, para falar a verdade. Andei percebendo que gostar de alguém que goste de você não é mesmo fácil. É uma grande coincidência. Certamente há por aí alguns garotos que gostam de você e você nem olha para eles! Você olha, sim, para esse que a despreza. Por que? Não acho que seja dedo podre não. Você simplesmente gostou desse e não dos outros, mas não coincidiu de ele gostar de você de volta! OU talvez não tenha coincidido de ele gostar o mesmo tanto! Um dia coincide! Um dia você gosta de alguém que gosta de você da mesma maneira! Então você vai olhar para trás e pensar que com os demais não era mesmo para ser!
    Muita sorte nessa jornada, menina!!!!!!!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Bem vinda ao clube.
    Dedo podre é um adereço que vem com algumas mulheres e cá estamos nós tentando amputá-lo.. mas não tem jeito.. ele se regenera! é F#da!
    Fora que gostar de quem gosta da gente é meio, como direi, sem graça. O bom mesmo é o desafio.
    E quanto mais difícil, melhor fica...rs..
    Portanto garotinha, acostume-se.. tenho quase trinta e ainda não sumi com o meu dedo podre..rs..
    bjinhosssss

    ResponderExcluir
  4. Creio que a solução seria não criar expctativas.
    A partir do momento que não as tem, a frustração de se descobrir em apuros apaixonantes é reduzida em muuuitos porcentos...rssrsr

    Talvez não procurar esse tipo de coisa, focar a atenção a outras, façam com que vc se descubra uma pessoa mais extraordinária pra si e consequentemente, pessoas legais tomaram o seu redor, diminuindo a possibilidade de dor...

    Ou não...

    Especulações de coração... quem pode saber... rssrsr

    Boa tarde!

    http://vocabulofotografico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Vc é a segunda a comentar o deja vù...
    ^^
    Ao passar em alguns blogs comentando, deixei trechos do txt divulgando. tvz tenha sido por isso...

    :)

    Boa tarde!

    RubiRed

    ResponderExcluir
  6. Olá Ane! Primeiramente obrigado pelo comentário no blog. É realmente somos amigos até hoje e ele esta aqui em casa vendo TV. Hahahaha.

    Vamos falar sobre o seu post agora.

    Infelizmente é assim, a gente tem que apanhar muito para aprender. E se ele não dá valor para você, parte para outra. Mas sei que é fácil falar e o coração não escolhe de quem gostamos né.
    Fiquei curioso para saber o que irá acontecer. Dê notícias depois, pode ser?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ok querida. Vou seguir teu blog.
    Ah, tem twitter?
    Se quiser me siga
    dionisiopaulo
    Te sigo de volta.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Acredito que seja um padrão...passado...mas como isso são valores que não se discute,vamos ao presente:você escolhe as pessoas e é responsável por tudo que acontece,(você é genérico,eu tu eles)
    procure e veja no passado recente onde está o nó.
    Nós,o seres humanos temos uma capacidade infinita de nos reinventarmos a realidade,já dizia nossa einsten o universo são possibilidades.
    E como sou espiritualista,não sou religiosa... creio nestes múltiplos universos.
    Mudar o padrao de comportamento tudo muda.
    Não pertenço a este clube,mas pertenço a outros padrões que ao longo da vida venho mudandado.Busque na ciência suas respostas.
    As vezes agente não quer mudar.Quer ter assunto.Desejo que você faça suas novas possibilidades.
    Não sei como vim para aqqui mas tudo bem!
    Saúde e paz!
    Abraços,Alzira

    ResponderExcluir
  9. Oi Anelise,

    Adorei sua visita.
    Olha as vezes criamos expectativas, nos encantamos e nos perdemos em nossos próprios encantos. OUtras vezes eles tem medo de assumirem alguma coisa séria e viverem com mais intensidade entende? Mas isso é o tempo que vai te mostar. Enquanto isso arveite você e a sua companhia.

    Beijocas enormes

    ResponderExcluir

Comente, quero saber sua opinião (=