sábado, 27 de novembro de 2010

18

É pessoal, essa é a minha primeira postagem com 18 anos.
Me ausentei por algum tempo, mas já estou craque em fazer isso. Venho, posto, sumo por um tempo e volto! Creio que este seja um dos poucos detalhes/caracteristicas minha que não mudarão com o tempo.
Já sinto o peso da idade! Pode parecer engraçado, mas é verdade... agora é pra valer!! Não quero parecer dramática, mas estou no ultimo ano do ensino médio e só agora a ficha está caindo.
Não tinha a intenção de fazer faculdade ano que vem, sempre quis estudar moda, mas as coisas estão a cada dia mais confusas (seria o meu medo de ficar "sozinha" se manifestando?).

O que aconteceu:
Não prestaria prova para nenhum vestibular, até que na ultima semana de inscrições em uma faculdade próxima à minha cidade, minha mãe me convenceu a me inscrever. Certo. Fiz a prova e realmente não entendia balelas daquilo! Tinha certeza de que não passaria, então não estava preocupada em ter de tomar mais decisões. Surpresa!!! Passei (em 18º lugar, para um curso que tinha 60 vagas).

O medo:
Minha mãe está super feliz (toda mãe gosta de falar que o filho é capaz de passar em provas) e realmente não quero decepcioná-la, sem contar que ela disse: -- Se você não for estudar ano que vem, ou fazer algum cursinho, a toa você não vai ficar, vai ter que trabalhar. Ou seja, ou estudo, ou trabalho (creio que aos 18 anos muitas pessoas preferem estudar - só estudar).

A duvida:
Publicidade é um ótimo curso, tem que ser criativo, desenvolto etc. Sou assim. Sem contar que relaciona-se com o jornalismo e até mesmo com a moda - áreas de que gosto. Mas tenho medo de começar a fazer o curso e não gostar, afinal tem duração de 4 anos e não quero "perder" tempo em algo que não gosto. Não sei o que fazer!

Frio na barriga:
Tudo vai mudar. As amigas que vejo todos os dias, que estudam comigo, que compartilham praticamente os mesmos problemas que eu e as mesmas alegrias, não estarão tão presentes assim.
Duas amigas farão cursinho, uma já mora em outra cidade, e outra fará Direito (se passar no vestibular - (yn)).
Será muito estranho. Quando me imagino chegando na faculdade, no primeiro dia, sem minhas amigas...quando me imagino em uma sala repleta de desconhecidos...quando me imagino sozinha durante o intervalo...eu choro! Tenho muita dificuldade em me aproximar das pessoas quando o objetivo é fazer amigos. Demorei muito tempo para encontrar amigas como as que eu encontrei, tenho medo que nossa amizade enfraqueça. Para falar bem a verdade, gostaria que fosse possível continuar no colegial a vida toda. É muito bom, é fácil, mas agora eu sinto que o peso do meu futuro é todo meu, que ninguém poderá me ajudar. Isso me atormenta.
Lembro-me de como era bom ser criança, sei o quanto é bom ser adolescente e não sei como será minha vida daqui pra frente.



Obs: No momento a musica que mais me descreve é Never Grow Up da Taylor Swift - ouçam e procurem a tradução. Entenderão o que eu sinto.

Beijos

2 comentários:

  1. Anelise, muitas felicidades nessa sua maioridade! E parabéns pela aprovação no vestibular!!!

    Não tenha medo. Só saiba que essa decisão não precisa ser tão definitiva assim. Se você não gostar de publicidade, faça o vestibular para moda! O importante é fazer o que você gosta porque, quando você gosta, você se sai melhor e, conseqüentemente, ganha melhor.

    E quanto aos amigos: entrar na faculdade no primeiro período através de vestibular é muito melhor do que entrar num colégio novo. Enquanto, no colégio, os grupos já estão formados e você precisa quebrar algumas barreiras para conseguir se enturmar, no primeiro período da faculdade, todos estão no mesmo barco que você, sozinhos, sem conhecer ninguém, começando agora a estabelecer relações, não há barreiras a quebrar, é fácil se enturmar.

    Boa sorte!!! Continue contando as novidades!!! E depois me diga se voltou às aulas de dança, tá? :)

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. AAAAiiiii!!!! que legal!!!
    Parabéns pelo aniversário!!! Bem vinda à maioridade penal (cuidado agora!) e muito mais parabéns por passar na faculdade (me conte qual foi).
    Olha, aproveite esse frio na barriga, é muito bom!!! Vou contar um segredinho: Eu falo muita merda, eu converso bastante, eu me abro... mas eu sou péssima em começar amizades. Sou tímida, morro de vergonha. Mas a faculdade me fez aprender a fazer um social, a conhecer gente, a chegar junto num cara que eu queria. Confesso (agora que vc tem 18 pode!) que uma cervejinha ajuda...rs.. vá à festas, conheça gente, passeie, beije na boca... (massss tudo isso com limite). A faculdade foi a melhor época da minha vida. Eu me medei pra Campinas (sou de sp), morei sozinha (em república com mais três meninas), aprendi a me cuidar (porque se eu não me cuidasse, ninguém mais cuidaria), virei adulta. Mas foi muito bom, muito divertido e corrido (festa na véspera de prova, prova na véspera de festa). Você vai adorar, você vai ver. E quanto a escolha do curso... não se preocupe, você é super nova e dá tempo de trocar se você quiser. E como a garota em apuros disse, faça o que vc gosta. Porque assim você vai fazer bem e vai ganhar mais por isso. Experiência própria. Eu amo engenharia e modéstia a parte, faço isso muito bem. E por isso tenho reconhecimento do meu trabalho. E aproveite! porque quando você menos esperar, você vai estar com saudade de tudo isso! Eu te prometo isso!
    Fiquei feliz ao ler seu post, relembrei do dia que passei na unicamp e do primeiro dia que cheguei la. Sem conhecer ninguém, numa cidade diferente da minha. Foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido.
    E quanto à idade pesar.. espera só você chegar nos 30 pra ver o que é peso! hahahahahahhaha
    Bem vinda à vida adulta!
    (ah.. eu ia te colocar pra fazer o meme do testamento, não coloquei porque achei que a senhorita tinha abandonado o blog, pois nunca mais tinha escrito. Sinta-se intimada também a fazer o testamento)
    Adoro você viu. Mesmo sem te conhecer, gosto de participar das suas histórias... elas me lembram a mim mesma na sua idade.
    bjissimosssssssss (escrevi de mais)

    ResponderExcluir

Comente, quero saber sua opinião (=